Pesquisa Terceiro Setor

Pesquisa Terceiro Setor

Pesquisa Terceiro Setor

O Instituto MAS Pesquisa de Mercado analisa os investimentos sociais, privado e público em diferentes áreas para transmitir aos seus clientes os impactos dessas ações. Essa ferramenta é pauta na pesquisa de qualidade. A partir da avaliação das ongs, empresas e governos terão um diagnóstico que servirá para medir os esforços e verbas destinadas aos investimentos e, naturalmente, planejar melhor ou mudar toda uma estrutura, que passa por obras públicas de pequeno, médio e grande porte, programas sociais e até mesmo o impacto de uma fusão empresarial.

Índice Investimento Social Público e Privado
O Instituto MAS Pesquisa de Mercado analisa os investimentos sociais, privado e público em diferentes áreas para transmitir aos seus clientes os impactos dessas ações. Essa ferramenta é pauta na pesquisa de qualidade.

A partir da avaliação das ongs, empresas e governos terão um diagnóstico que servirá para medir os esforços e verbas destinadas aos investimentos e, naturalmente, planejar melhor ou mudar toda uma estrutura, que passa por obras públicas de pequeno, médio e grande porte, programas sociais e até mesmo o impacto de uma fusão empresarial.

Viabilização de ONGs
A fundação de “organizações não governamentais” é algo que muitas empresas no Brasil e no mundo buscam com interesses sociais que valorizam a imagem corporativa – além, evidentemente, de contribuir com o aperfeiçoamento e a qualidade de vida de pessoas que não tem total assistência dos governos.

Mas a criação de uma Ong não é simples e requer conhecimento técnico e prático sobre o assunto. Neste sentido, o Instituto MAS Pesquisa de Mercado disponibiliza aos seus clientes toda experiência a partir do planejamento para a viabilização dessas instituições sociais.

O investimento em Ong’s está relacionado diretamente em “responsabilidade social empresarial”, fator que torna a empresa co-responsável pelo desenvolvimento social de uma sociedade. Entretanto, para que isso aconteça é essencial que a “empresa socialmente responsável” ouça os interesses de acionistas, funcionários, prestadores de serviço, fornecedores, consumidores, comunidade e governo. É preciso ainda que a empresa associe essa gama de informações ao seu planejamento com objetivo de atender demandas de todos os envolvidos com uma visão social e não só comercial.

× Olá! Tem alguma pergunta, ficarei feliz em ajudar!